Para entender o que torna uma marca forte no mercado e alcançar vantagens competitivas, observamos o ranking da marcas mais valiosas do mundo. A lista em questão chama-se Best Global Brands, que divulga anualmente quais foram as 100 marcas mais valiosas do mundo, segundo a metodologia de avaliação da Interbrand.

As empresas líderes desse ranking são gigantes nos meios em que estão inseridas, por isso, podem servir de exemplo para pequenos e médios negócios. Descubra quais são as características que as tornam líderes e tenham força de marca.

 

marca_valiosa_interbrand
As empresas líderes desse ranking são gigantes nos meios em que estão inseridas.

Como é feita a avaliação de valor de marca?

Para chegar ao ranking final, é feita uma série de análises, divididas em três grandes categorias:

  1. Sua performance financeira: analisa a saúde financeira da empresa;
  2. Seu papel na influência da escolha do consumidor: analisa se o consumidor escolhe a sua marca independente de outros fatores, como preço ou conveniência;
  3. Força de marca: analisa o quanto sua marca é capaz de gerar fidelidade dentro e fora da empresa.

Atributos que tornam uma marca forte no mercado

A terceira categoria citada anteriormente, a força de marca, é avaliada por meio de 10 atributos internos e externos. Vejamos a seguir cada um desses pontos:

Fatores internos

As características apresentadas a seguir fazem parte daquilo que a empresa representa ao seus colaboradores, os valores e pilares desenvolvidos dentro da organização, por isso são essenciais para a avaliação da força de uma marca.

Clareza

É importante ter bem claro o posicionamento da marca para os colaboradores em geral, ou seja, o quanto a marca é entendida e comunicada internamente.

Comprometimento

Quando os  colaboradores acreditam na marca e, assim, querem fazer parte de seu crescimento adiciona pontos na força da marca.

Governança

Manter uma estrutura operacional, com processos bem desenhados é essencial, pois permitem que a empresa cresça de maneira equilibrada.

Responsividade

A capacidade da empresa de responder rapidamente às mudanças de mercado e dificuldades, além de identificar oportunidades e saber aproveitá-las.

Fatores externos

Essas características são o resultado daquilo que é construído dentro da organização. O que é visto pelo consumidor e pela concorrência é o reflexo da capacidade da marca como um todo no mercado.

Autenticidade

As atitudes e ações condizem com os valores defendidos pela empresa e, por isso, passam a sensação de veracidade.

Consistência

Experiência do consumidor deve ser consistente em todos os pontos de contato, ou seja, deve haver coerência acerca do que é oferecido e como isso é percebido.

Relevância

O valor que a marca gera aos seus consumidores e a importância da existência desse negócio.

Presença

É essencial estar presente em alto grau em diversos pontos de contato, como nas mídias tradicionais e também na social media.

Diferenciação

Buscar gerar uma proposta de valor única no mercado, para que a empresa possa alcançar um ponto de destaque entre aquelas do mesmo meio.

Engajamento

Quando o consumidor sente segurança e confiança em interagir com a marca e, além disso, busca promovê-la a outros potenciais clientes.

consumidor satisfeito
Consumidores satisfeitos ajudam a promover uma marca.

Para que a sua empresa alcance a força de marca desejada, é necessário trabalhar cada um desses pontos de maneira contínua, e, assim, torne-se sólida com a possibilidade de tornar-se líder de mercado.

Uma boa maneira de começar é refletir sobre o seu branding: será que a imagem que a sua marca passa aos consumidores e ao mundo é aquilo que você almeja e agrega pontos para a força da sua marca?