Uma nova e grande mudança chegou para o marketing off line essa semana.

A prefeitura de São Paulo proibiu a distribuição de publicidade em folhetos, panfletos ou qualquer tipo de material impresso com mensagens publicitárias.

A decisão é uma regulamentação do artigo 26 da Lei nº 14.517, de 16 de outubro de 2007, e foi publicada no Diário Oficial nesta terça-feira (14/01).

O decreto, que foi assinado pelo prefeito Bruno Covas, determina uma multa de R$5 mil reais a quem for flagrado distribuindo qualquer tipo de publicidade impressa, sejam “entregues manualmente, lançados de veículos, aeronaves ou edificações ou oferecidos em mostruários”.

E fiquem atentos, pois a multa não valerá somente uma vez. Se após a notificação, a mesma empresa for flagrada novamente, os fiscais poderão dobrar a penalidade.

“Havendo a indicação de mais de um beneficiário ou responsável pela divulgação do produto ou serviço por meio do material publicitário, o auto de multa deverá indicar apenas um infrator, de forma a não autuar mais de um responsável pela distribuição do mesmo material”, afirma o documento.

O que isso muda para a sua empresa?

Para o setor imobiliário por exemplo, que é um grande consumidor desse tipo de publicidade impressa, isso afetará diretamente os meios de divulgação, já que não será mais permitido nem mesmo a veiculação de panfletos em mostruários.

A solução é migrar e investir nas mídias digitais, ou marketing digital, que engloba toda comunicação feita online, como anúncios do Facebook, comerciais que antecedem vídeos no Youtube, banners em sites, anúncios para o Instagram, Google Ads e Analytics para os melhores resultados nas buscas do Google e muito mais.