Uma Landing Page é uma aliada essencial para que a sua estratégia de Inbound Marketing tenha sucesso. Ela te ajudará a atrair a atenção do usuário e fazê-lo se tornar um lead.

Mas antes de te explicarmos a estratégia, queremos saber:

Você sabe que é uma Landing Page?

blog_newds_question

Na verdade, uma Landing Page pode ser considerada uma página web que possui elementos para converter os visitantes em leads ou clientes. Ela pode ser usada para campanhas específicas, sazonais ou somente para captação de leads.

Dentro da Landing Page existirá um formulário, uma oferta de conteúdo e um CTA (Call to Action ou Chamada para ação, na tradução literal). Essa oferta, geralmente dentro da estratégia de Inbound Marketing e ela oferecerá um material rico de forma gratuita, como um infográfico ou um e-book, por exemplo.

newds_blog_cta

Em troca do acesso para esse material, o usuário precisará fornecer seus dados (como nome e e-mail). Essas informações serão usadas pela empresa como forma de nutrição e, assim, levá-lo em direção ao fundo do funil de vendas, o momento da compra de um produto/serviço.

Resumindo, para que serve uma Landing Page?

  • Segmentar o público de interesse na sua estratégia
  • Entender as expectativas de possíveis clientes
  • Entregar ao usuário um conteúdo rico e que pode auxiliar a solucionar um problema
  • Criar um vínculo com seu negócio
  • Ampliar os contatos do seu time de vendas (e as chances de aumento de lucro)

O que uma Landing Page pode oferecer?

  • E-book
  • Inscrição em um webinar ou vídeos, cursos, etc
  • Cupons de desconto
  • Inscrição para testes
  • Notícias e informações sobre o lançamento de um produto/serviço
  • Cadastro para receber newsletters

O que uma Landing Page precisa ter?

Título Objetivo

8 em cada 10 pessoas só irão ler o cabeçalho da sua página. Então você precisa ser bem criativo e direto para que ele sinta a necessidade e o interesse de permanecer na página e continuar a leitura.

Mostre a importância daquele conteúdo/isca para o usuário

Tenha a consciência de que as pessoas sempre serão receosas com o fato de passar seus dados em uma landing page, mesmo que seja apenas seu nome e e-mail. Então, seja claro e mostre ao usuário que aquele conteúdo é importante, descrevendo de maneira específica o que está ofertado na landing page.

Um Call To Action (CTA) inteligente

O call to action (CTA) de uma landing page é uma das partes mais importantes para garantir a conversão do usuário. Ele pode ser visual ou textual e deverá levar o visitante a uma ação dentro da página. 

 

Alguns exemplos: “baixe agora o material”, “conheça agora nosso e-book”, “não perca essa oferta”, entre outros.

 

Essa é uma parte essencial para poder promover boas ofertas, gerar leads e prosseguir com as etapas do funil do Inbound Marketing.

Divulgação de números

Para ganhar a confiança de seus potenciais leads, a melhor forma de dar credibilidade para o que está sendo ofertado na sua landing page. Aposte em “mais de X pessoas já baixaram esse material” ou depoimentos, estatísticas.

newds_blog_seo

Capriche no formulário

Aqui vai ser onde a mágica acontece, mas tome cuidado, quanto mais informações você pedir para o lead inserir, maior será a taxa de rejeição. 

 

Ninguém quer passar tanto tempo respondendo tantas informações em Landing Page. precisa ser rápido, prático e eficiente. Pergunte coisas fáceis e que serão úteis para o time de vendas (nome, e-mail, empresa, etc).

Não esqueça do SEO para a sua Landing Page

As técnicas de SEO também são relevantes e indispensáveis em uma landing page, já que aumentam o tráfego e, claro, a conversão.

 

Quando você deixa sua landing page otimizada significa que o seu futuro lead precisará de menos passos até realizar a conversão, o que é lucrativo para ambas as partes.

 

É fundamental lembrar que as técnicas de SEO devem andar juntas com o material rico. Não adianta ter um bom SEO se o conteúdo não é relevante e útil para o usuário.

 

Você pode criar uma Landing Page para inscrição e automatizar o trabalho para que os Leads convertidos entrem num fluxo de Automação de emails (usando ferramentas como RD Station). 

 

A partir daí, você pode nutrir os visitantes com o que há de novo no seu site, que novos produtos estão disponíveis ou voltaram ao estoque, que serviços você disponibiliza junto com seus produtos etc. 

Se o usuário que chegou na sua LP já está interessado em converter: não desperdice essa oportunidade!

Se você precisar de ajuda para aplicar isso para seu negócio, converse com um de nossos consultores.

Estamos aqui para fazer você arrasar nos leads!