A mudança nos hábitos de consumo

Desde o início do processo de digitalização, que começou por volta dos anos 2000, muita coisa mudou. Não é necessário ser nenhum “mestre da percepção” para entender que nossa forma de se comunicar, entreter, trabalhar, socializar e fazer diversas outras coisas mudou drasticamente.

Um rápido exemplo: antes, para nos informarmos, éramos acostumados a ler jornal impresso, ouvir o rádio ou a ver televisão (com seus poucos canais disponíveis).

Hoje, utilizamos videos online, redes sociais, jornais digitais e podcasts para ficarmos a par do que está acontecendo no mundo.

Este exemplo é do simples ato de adquirir notícias atuais, existem diversas outras amostras das mudanças que a revolução digital vem trazendo em nossas vidas e temos certeza que você pode pensar em inúmeras experiências que reflitam essa transformação.

Se todas essas modificações influenciam tanto a sua vida, é de se esperar que elas reflitam também no mercado, em diversos níveis e em múltiplos segmentos.

Portanto, com esta “onda” de digitalização, surge uma questão, que mais cedo ou mais tarde muitas empresas que estão no mercado acabam se perguntando: é realmente necessário que minha marca tenha presença digital?

A resposta é sim! Podemos afirmar isso e vamos te explicar o porquê. Por mais que você possa estar pensando que seu negócio é “old fashion”, que seus anúncios se concentram no rádio, televisão, e que você faz as vendas por telefone, por exemplo, ainda sim, sua empresa está inserida em um novo contexto, de um mercado já transformado e que sofre contínuas mutações.

Segundo estudo da TIC Domicílio, cerca de 70% da população brasileira usa a internet, e as redes sociais já contam com milhões de usuários (sendo que só o Facebook possui 127 milhões) que as utilizam todos os dias.

Essas pessoas compõem o corpo de consumidores necessário para manter a economia funcionando, as empresas vendendo e os negócios “vivos”.

Portanto, é necessário analisar e entender que aqueles que compram seus produtos ou contratam seus serviços já estão pedindo pela digitalização, e é na internet que você poderá chegar mais facilmente a esse público.

A presença digital

Com a presença de um mercado consumidor extremamente relevante, fica claro que o mundo digital possui uma gama de oportunidades muito grande, com vantagens únicas para todo tipo de empresa, inclusive as B2B. Afinal, grande parte das empresas já tem presença digital e fazem suas pesquisas de parceiros através da internet.

Ah, e não dá para deixar que seus possíveis clientes encontrem seus concorrentes no meio digital e não encontrem sua empresa, certo? Então, é perceptível que a presença digital acaba por se tornar obrigatória para qualquer negócio que deseje crescer e buscar novos consumidores.

No digital, também é possível gerar engajamento e atrair público de forma orgânica (sem gastar nada), além de criar anúncios segmentados com um grande retorno sobre o investimento.

Se você ficou interessado na possibilidade de consolidar sua marca dentro da web, existem alguns pontos no qual você deve ficar atento antes de sair criando um site e suas contas nas redes sociais.

Podemos resumir brevemente que para que você consiga ter sucesso em sua empreitada, é necessário estratégia, ou seja, é fundamental que suas ações sejam pensadas e ponderadas. Vamos listar abaixo alguns dos pontos de atenção:

Identifique seu público-alvo

Muito provavelmente você já conhece seu público-alvo, qual sua idade, onde vive, classe social, interesses etc. Ou pelo menos, deveria saber! O Marketing Digital e a comunicação na web, de forma geral, permitem uma segmentação muito grande, sendo assim, você pode especificar até os menores detalhes sobre o seu cliente quando você for fazer uma campanha de marketing no Google ou em uma rede social.

Então, é fundamental que você tenha seu público-alvo bem definido, com todas as peculiaridades dele mapeadas. Para facilitar, o ideal é que você crie uma persona.

Uma persona é basicamente um método de personificar todo o seu público em uma só pessoa. Para fazer isso, você deve pensar em tudo o que envolve esta pessoa imaginária e como ela se relacionaria com a sua marca. Então, estude para saber qual o nome dela, qual seu emprego, como é sua disposição familiar, quais são seus hobbies, seus planos para o futuro, seus medos etc. Desta forma, você conseguirá tangibilizar seu público e facilitar bastante a comunicação.

Crie seu site

Depois de pensar em sua persona, o segundo passo que você deve dar é o de criar um site.

Assim, seu público poderá te encontrar quando quiser e você terá um diferencial frente aos concorrentes, afinal, uma marca que tem site transparece muito mais confiabilidade e profissionalismo do que aquelas que não têm.

Seu site será a principal porta de entrada para possíveis negócios, portanto, é essencial que ele seja otimizado e responsivo para celular, além de conter informações importantes que possam gerar uma segurança maior do público para com a sua marca.

É interessante também que ele tenha um bom design e navegabilidade, tudo isso será útil para facilitar o entendimento dos clientes sobre seu produto ou serviço e suas peculiaridades. Vale lembrar que o site é, por essência, um ótimo lugar para contar mais sobre a empresa e ilustrar as intenções institucionais.

Crie perfil nas redes sociais

Se você está na internet, você tem que estar nas redes sociais! Não em todas obrigatoriamente, mas é importante que você esteja pelo menos nas que sua persona utiliza. Então, se você identificou que seu público gosta mais de usar o Facebook e fazer parte de um grupo, por exemplo, se certifique de ter uma página nesta rede e de contar presença neste grupo. Além disso, as redes sociais serão ótimas plataformas para quando você começar a se aventurar no marketing digital, elas serão uma ferramenta essencial para atingir e converter novos públicos.

Crie conteúdo

Atualmente o conteúdo se tornou o “rei” da internet, e não sou eu quem está dizendo isso, mas sim o Bill Gates! A criação de conteúdo se tornou essencial para que sua marca consiga novos públicos, se posicione melhor no ranqueamento dos buscadores (Google) e tenha um público recorrente que possa se tornar futuros clientes. Por isso, se assegure de fazer um blog e alimentá-lo recorrentemente para cultivar frutos no futuro.

As vantagens

Acreditamos que a confirmação da tamanha importância da presença digital e nossas dicas iniciais, te darão uma boa ideia de como começar, ainda sim, é importante ressaltar que entrar no mercado digital pode ser revolucionário para sua marca e pode trazer muitos benefícios, basta saber como fazer. Já que, além de vender mais, você poderá criar uma base de seguidores que se comunicará com a sua empresa, a acompanhará e poderá promovê-la e defendê-la. A criação de parcerias com outras marcas também será facilitada pelo meio digital e o encontro de novos consumidores e a identificação de gaps de mercado também!

Portanto, o mundo digital te aguarda e nós da NewDS estaremos aqui para te ajudar nesta nova jornada! Está pronto(a)?