Quer abrir um e-commerce mas tem dúvidas se daria certo para o seu tipo de negócio? Neste artigo, tentaremos esclarecer suas dúvidas.

 

Com o surgimentos da internet, muita coisa mudou em nossas vidas. Hoje, podemos nos comunicar de forma muito mais rápida e eficaz com pessoas por todo o mundo, além de conseguirmos criar comunidades, produzir e consumir inúmeros tipos de conteúdos e trabalhar com a utilização da rede. Podemos também utilizar o alcance que ela proporciona para divulgar empresas e até mesmo vender produtos e serviços.

 

O hábito de se vender produtos pela internet ficou consolidado principalmente por meio dos e-commerces, sites de empresas que vendem seus produtos e serviços de forma prática e funcional através da web. Dados comprovam que o mercado de e-commerce irá crescer em 18% em 2020, movimentando cerca de 106 bilhões neste ano, de acordo com estimativa da ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

 

Portanto, o mercado das lojas virtuais já é enorme (mesmo sendo muito recente) e apresenta inúmeras possibilidades de crescimento para empresas já consolidadas e para aquelas que estão começando agora. Outra pesquisa da ABComm demonstra que mais de 100 mil lojas foram abertas entre o início de março e o final de abril, ou seja, em um período de 2 meses. 

 

Dentro dessa onda de digitalização, é normal que muitos empreendedores se questionem se eles também devem digitalizar seu negócio e vender pela internet, e nós da NewDS vamos te ajudar a solucionar essa questão que pode estar tirando o seu sono! Afinal, qualquer negócio pode vender pela internet?

 

O mercado de e-Commerce

 

Como já dissemos, o mercado de e-commerce é gigante e está crescendo cada vez mais, ele tem espaço para diversos tipos de negócios e empresas, atualmente se vende diversos tipos de produtos e serviços dentro da web. Temos exemplos de lojas que vendem comidas, bebidas, carne congelada, roupas, computadores, celulares, serviços como limpeza de carros, contratação de banho e tosa, cursos e graduações e até mesmo a compra e aplicação (agendada) de vacinas. 

Realmente, basta algum momentos navegando na internet para saber que dentro dela existe espaço para qualquer tipo de empresa e que venda qualquer tipo de produto ou serviço. Este é um mercado vasto, com uma capilaridade de alcance incrível e que consegue conectar o seu público-alvo (por mais distantes que ele esteja) com sua marca e com seu produto.

 

Como funciona?

 

Imagino que ficou claro que este mercado propicia o surgimento de muitos tipos de negócio, independentemente de qual segmento seja, contudo, não é a coisa mais simples do mundo abrir um e-commerce. E este é um dos maiores obstáculos para empresas, principalmente para os pequenos e médios empreendedores que estão se digitalizando agora. Portanto, existem diversos aspectos que devem ser pensados para que sua empreitada em abrir uma loja virtual seja bem sucedida. 

O primeiro ponto que você deve pensar é qual plataforma será a ideal para começar o seu negócio. Existem muitas plataformas diferentes no mercado e cada uma delas atende as especificações de diferentes empreendimentos, essa escolha é muito importante porque é a plataforma que dará a base da sua loja, você construirá tudo em cima dela. Por isso é fundamental entender qual é a plataforma ideal para você, se seu negócio precisa de uma mais ou menos flexível, se você precisará armazenar muito ou poucos produtos, se você terá um público amplo ou algo mais voltado para nichos. Por isso pondere bem qual será a estrutura do seu e-commerce antes de pensar sobre qual plataforma utilizar.

 

O segundo ponto que deve ser pensado é sobre seu sistema operacional interno e na logística. Você terá uma pessoa para cadastrar os produtos, tirar as fotos, contratar empresas de frete, organizar e despachar o material? Lembre-se que a operação de um e-commerce pode ser até maior do que de uma loja comum, é fundamental pensar em cada detalhes para que coisas importantes não passem despercebidas e se tornem um problema ainda maior no momento em que o e-commerce realmente estiver operando.

 

É fundamental também avaliar quais serão os parceiros necessários para seu e-commerce. Isso significa que é importante pensar em quem entregará seus produtos (Correios, transportadora, etc), qual será o Gateway de pagamento (Pagseguro, Yapay etc.), se necesitará de antifraude, se precisará de ERP e se você já tiver um, se ele tem integração com a plataforma e se haverão terceiros que te ajudarão nesta empreitada. É fundamental que você coloque tudo isso no papel, calcule o valor de cada uma dessas coisas e verifique se está dentro do esperado.

 

Por fim, é fundamental que você tenha em mente que só ter um e-commerce pronto não é o suficiente para vender. Você precisa de uma comunicação eficiente que explore seu produto e sua marca da forma certa e assim consiga trazer um número de clientes crescente para sua loja. Para isso, é fundamental investir em Marketing Digital, SEO e conteúdo, estes serão o tripé que sustentará sua loja.

 

Nós da NewDS podemos te oferecer os melhores serviços para construir uma comunicação assertiva com seu público, converse agora com um de nossos consultores e faça o seu sonho se tornar realidade!